Minha Casa Minha Vida terá financiamento do FGTS.

Deixe sua avaliação

Imóveis podem chegar a ter mais de 70% de financiamento.

O Conselho do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) aprovou no mês de dezembro uma resolução quanto à assinatura de contratos do Programa Minha Casa Minha Vida de forma que imóveis ainda em construção entram na faixa 1 do programa se apresentar 70% de suas obras finalizadas.

Uma medida assinada pelo ministro do Trabalho e Previdência Social já autorizava essa mudança para 2015 e se estendeu para 2016. Dessa forma o programa alcança seu objetivo e obtém acesso ao recurso.  Essa categoria, a do Minha Casa Minha Vida, faixa 1, financia imóveis a famílias com renda mensal de até R$ 1.600 reais e o calculo valor de subsídio do Fundo de Garantia pode chegar, no máximo, a 80% do imóvel.

Leia sobre saldo do FGTS não depositado.

fgts minha casa minha vida

FGTS e desconto para os trabalhadores

O FGTS se cria com o desconto dos trabalhadores na faixa de 8% dos salários. Essa utilização se restringia ao financiamento apenas e agora se amplia. No mês de outubro de 2015, o conselho liberou R$ 3,3 bilhões do orçamento anual para pagar também as moradias da faixa 1.

Mesmo com a antecipação dos recursos do FGTS, o mutuário só começará a pagar as prestações quando a casa estiver pronta. Essa medida faz com que o governo não paralise o programa. Como o Tesouro Nacional não apresenta recursos suficientes para o programa, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS assumiu esse empreendimento. No ano que vem, o percentual do fundo cairá para 60% e o do Tesouro subirá para 35%.

Tem dúvidas sobre essa medida? Entre nos site www.caixa.gov.br/voce/habitacao/minha-casa-minha-vida. Fique por dentro e obtenha seu benefício.

Deixe seu comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *