Saque do FGTS poderá ajudar moradores no Rio Grande do Sul.

Deixe sua avaliação

Atingidos pela cheia poderão sacar FGTS

A chuva que castiga parte do Rio Grande do Sul fez com que várias prefeituras decretassem estado de emergência e prejudicasse inúmeros cidadãos do Rio Grande do Sul que tiveram suas casas alagadas pela catástrofe.

Dessa forma, a presidenta Dilma Rousseff em pronunciamento, afirmou que os estragos causados pela cheia no Estado do Rio Grande do Sul serão minimizados com trabalho forte do governo. Os trabalhos seriam realizados de forma a restaurar vias e cidades, a proteção aos cidadãos para que não fiquem em áreas de risco e também a possibilidade do saque do FGTS a famílias que comprovem essa situação complicada.

A melhor forma para a Presidenta seria a integração de união, estados e municípios para que a agilidade fosse à característica mais utilizada nesse momento para que os cidadãos consigam sacar seu Fundo de Garantia.

Os moradores de áreas afetadas pela cheia do Guaíba em Porto Alegre poderão sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para reconstrução de suas moradias. O benefício será concedido a quem tiver saldo e comprovar que a residência onde vive sofreu danos.

saque-fgts-enchentes-rs

Vale lembrar que de acordo com as regras do FGTS, o saque pode ocorrer em caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural causado por chuvas ou inundações que tenham atingido a área de residência e quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for reconhecida, por meio de portaria do Governo.

É preciso ter saldo em conta para realizar o resgate, e o trabalhador não pode ter realizado saque do Fundo, pelos mesmos motivos, em período inferior a um ano. O tempo no Rio Grande do Sul segue instável e com muita umidade para os próximos dias. Saiba mais sobre FGTS no site www.fgts.gov.br.

Tags:

Deixe seu comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *