Saque do FGTS inativo já beneficiou 4 milhões

Saque do FGTS inativo já beneficiou 4 milhões
5 (100%) 1 vote

O saque do FGTS Inativo começou no dia 10 de março, para os cidadãos nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. Desde o anúncio da possibilidade do saque inativo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, boa parte da população tem se atentado as notícias envolvendo esse benefício. Mais de 4,0 milhões de pessoas já realizaram esse saque ou transferência de suas contas inativas.

Os saques para os nascidos entre janeiro e fevereiro corresponderão à uma quantia de R$ 7 bilhões, que, provavelmente, será injetada na economia brasileira. Desta forma, amenizará os efeitos da recessão econômica que está assolando o País. Confira o calendário de pagamento.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, instituição financeira responsável pelo FGTS, mais de 1,65 milhão de trabalhadores receberão o FGTS inativo automaticamente como forma de crédito em suas contas da Caixa. Já 1,2 milhão de trabalhadores poderão sacar o benefício usando o Cartão Cidadão em correspondente Caixa Aqui, lotéricas conveniadas à CEF e também no autoatendimento. Caso não se classifique em nenhuma dessas formas de saque citada acima, o cidadão deverá ir até uma agência da Caixa Econômica para fazer a retirada do recurso.

A Caixa abriu excepcionalmente nos dias 13 de 14 de março com duas horas de antecedência para atendimento. Essa medida possui o objetivo de auxiliar no fluxo de atendimento, já que há uma grande procura pelo benefício. No próximo sábado o horário de atendimento será das 9h às 15h.

fundo de garantia caixa

Valores do saque do FGTS

É preciso que o trabalhador esteja bem atento ao valor do saque do FGTS inativo. Caso o valor seja de até R$ 1,5 mil, o cidadão poderá sacar no autoatendimento somente com a senha do Cartão Cidadão. Já se o valor ultrapassar a faixa de R$ 3 mil, o saque deverá ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha em correspondentes Caixa Aqui, lotéricas e autoatendimento. Saques acima de R$ 3 mil são feitos exclusivamente nas agências do banco.

A Caixa Econômica recomenda que os cidadãos estejam sempre em mãos a Carteira de Trabalho e também um documento de identificação, como registro geral, carteira nacional de habilitação, ou alistamento militar. Ou também algum outro documento que certifique a rescisão do contrato de trabalho. Caso o trabalhador tenha um saldo R$ 10 mil no FGTS inativo, será necessário a apresentação desses documentos citados acima.

Quem tem direito ao FGTS inativo

Não são todos os trabalhadores que possuem o direito ao saque do FGTS inativo. É preciso que o cidadão esteja obedecendo alguns critérios definidos pelo governo federal juntamente com a Caixa Econômica Federal. São eles:

  • Ter uma conta do FGTS inativa há mais de 3 anos ou mais;
  • Doentes em estado terminal;
  • Pacientes com doenças graves, como AIDS, HIV, câncer, entre outras;
  • Aposentados e pensionistas;
  • Falecimentos;
  • Vítimas de desastres naturais;
  • ou cidadãos que queiram financiar a casa própria.

Deixe seu comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *